domingo, 1 de julho de 2012

VOLTANDO

Desde ontem comecei a retornar ao lar. Hoje estou em Salvador, sofrendo os efeitos da longa viagem de avião através diversos fusos horários. O corpo cansado e uma discreta confusão mental. Dirigindo o carro em Salvador e vendo as pessoas, todas brasileiras! Antes de ontem entrei em uma loja e a balconista me perguntou de onde eu era. Como sempre aconteceu neste tempo de Inglaterra, ela abriu um largo sorriso ao saber que sou brasileiro. Quanto a ela, vinha da Eritréia, área situada no corno da África, bem perto do Iêmen. Vou ter que me acostumar de novo à pouca diversidade do Brasil! Aqui as coisas não mudaram muito. Na casa de minha mãe a família reunida ao redor da fogueira de São Pedro, risonhos, apesar e até por causa das lembranças que meu pai deixou. Mas não foi ele o tema principal, o que se comentou mesmo foi o tempo na Europa. Como é, como foi, o quanto de gente e de novidade, porque será e aonde chegará este mundo tão diferente... O mundo é feito também de novidades e línguas estranhas, até porque cada pessoa é em si um mundo per si, por mais conhecido, estranho aos demais, por mais acostumado, um ambiente a ser desbravado, descoberto. Recebam um beijão de Aureo Augusto.

2 comentários:

  1. Que bom que voltou em paz!
    Abraços
    Zezé

    ResponderExcluir
  2. Grato querida, já estou no trabalho, mto feliz!

    ResponderExcluir